exames

Quais exames devo fazer no pré-operatório da cirurgia bariátrica?

Quais exames devo fazer no pré-operatório da cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é uma operação que tem como objetivo a diminuição do peso do paciente por meio da redução do estômago. No Brasil são realizados, por ano, mais de 100 mil procedimentos bariátricos, número que vem crescendo a cada ano. Esse dado é um reflexo do atual cenário do país, que possui 19% de sua população obesa. Apesar de a cirurgia ter bastante adeptos, é preciso saber que o pré-operatório requer uma série de exames e cuidados antes do procedimento, que devem ser seguidos à risca.

Indicações

A cirurgia de redução de estômago é indicada para pessoas que possuem o índice de massa corpórea (IMC) maior ou igual a 40. Quando o indivíduo possui duas ou mais complicações relacionadas à obesidade, o procedimento já é recomendado quando o índice de massa corporal for entre 35 e 40. O Ministério da Saúde orienta que a cirurgia não seja feita em adolescentes. No entanto, a idade mínima para passar pelo procedimento é de 16 anos. Para isso, é necessário também que o paciente esteja com a saúde comprometida devido à obesidade.

Pacientes que sofrem de doenças relacionadas ao excesso de peso como diabetes, hipertensão, hérnias de disco, refluxo com indicação cirúrgica, pancreatites agudas de repetição, também devem passar pelo procedimento. Além disso, a cirurgia bariátrica é um complemento na redução de peso, já que a alimentação e a prática de atividade física são fatores fundamentais para que o objetivo seja atingido.

Exames exigidos no pré-operatório

O pré-operatório para a cirurgia bariátrica é bastante detalhado e engloba diversos profissionais da área da saúde. Essa equipe multidisciplinar irá avaliar o paciente tanto nos aspectos físicos e biológicos quanto no psicológico.

A anamnese do paciente deve conter todo seu histórico em relação ao ganho de peso: evolução, quais doenças estão associadas, histórico de obesidade, doenças pregressas, distúrbios nutricionais e psicológicos, e fatores que contribuem com o ganho de peso. O médico responsável irá solicitar uma série de exames, que incluem:

  • Coagulograma
  • Ultrassom do abdome
  • Eletrocardiograma
  • Endoscopia digestiva alta
  • Espirometria
  • Função hepática
  • Glicemia
  • Hemograma
  • Perfil lipídico completo
  • Radiografia de tórax

Além de checar os riscos da cirurgia, os exames visam verificar como está a saúde nutricional do paciente. É necessário identificar déficits nutricionais para que sejam regularizados até a cirurgia, já que, na bariátrica, a carência de nutrição pode ficar ainda mais grave após o procedimento. Por isso, em muitos casos, é recomendável que o paciente passe por uma reeducação alimentar antes da cirurgia.

O pré-operatório da cirurgia bariátrica exige disciplina do paciente, além da reeducação alimentar, deve-se evitar o uso de cigarros por pelo menos um mês e meio antes da cirurgia, com o objetivo de evitar complicações tromboembólicas.

O paciente é submetido também ao teste antropométrico, em que serão aferidos altura, peso, índice de massa corporal, relação cintura-quadril e porcentagem de gordura corporal. Um psicólogo também é envolvido no pré-operatório da cirurgia bariátrica para avaliar a saúde mental do paciente.

Assim como todo procedimento cirúrgico, a bariátrica possui riscos. Por isso, o paciente deve seguir as recomendações médicas, realizar todos os exames e estar consciente que a redução do estômago é apenas um facilitador no processo de emagrecimento. É preciso que ele tenha consciência de que uma alimentação saudável e atividade física devem tornar-se rotina em sua nova vida.

 

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

Posted by Dr. Rodrigo Gui Queiroz in cirurgia bariátrica, Todos