queimação no estômago

Queimação no estômago: o que pode ser?

A maioria das pessoas já sentiu o estômago queimar. A queimação no estômago é um dos sintomas digestivos mais comuns, mas nem sempre está associada a problemas graves. Em muitos casos, essa manifestação está relacionada a hábitos alimentares. Em outros, no entanto, pode ser consequência de distúrbios gastrointestinais mais sérios, que demandam tratamento especializado.

Para saber quais as possíveis causas de queimação no estômago, leia o artigo, em seguida.

Resultado de alimentação desregrada

É comum que as pessoas vão a uma festa ou churrasco e comam e bebam demais. O consumo excessivo de alimentos gordurosos, açucarados, ácidos, gasosos, bem como ricos em cafeína pode pesar no estômago. Provoca, então, sintomas digestivos como queimação, gases, dor abdominal, enjoo, diarreia e vômito.

Alimentos saudáveis, inclusive, se consumidos em excesso, podem provocar azia e má digestão. É o caso, por exemplo, do tomate, pimentão, alho, cebola, pimenta, chá mate, chá preto, chá verde, carnes vermelhas, derivados de leite e ovos. Alguns desses alimentos retardam o esvaziamento do estômago e outros promovem o relaxamento do esfíncter esofágico, o que favorece o retorno do suco gástrico, gerando sintomas desagradáveis como a queimação.

Gastrite

A incômoda sensação de queimação no estômago pode ser sinal de gastrite, principalmente se houver também enjoo, desconforto no abdômen e dor torácica.

Os sintomas de gastrite normalmente são resultado de inflamação na mucosa que reveste o estômago. O processo inflamatório pode ser decorrente de infecção bacteriana por H. Pylori, maus hábitos alimentares e estresse.

A fim de confirmar o diagnóstico, é recomendável passar por exame clínico detalhado, além de realizar endoscopia.

Dispepsia

Também chamada de indigestão, a dispepsia é uma sensação de desconforto na parte superior do abdômen. Ela geralmente envolve sintomas como azia, queimação, gases, empachamento e saciedade precoce.

A pessoa com dispepsia costuma sentir uma espécie de corrosão interna e incômodo no peito e garganta. A dispepsia pode ser desencadeada por hábitos alimentares como ingerir grandes porções, comer alimentos pesados, se alimentar muito tarde e comer compulsivamente sem intervalos.

Refluxo gastroesofágico

O refluxo gastroesofágico é uma doença digestiva caracterizada pelo retorno do suco gástrico do estômago para o esôfago. Entre os principais sintomas dessa condição estão a queimação no peito e a azia, que tendem a piorar depois de comer ou ao deitar. Mudanças no estilo de vida e uso de medicação prescrita pelo medico podem contribuir na melhora do quadro.

Câncer no estômago

O câncer de estômago ou câncer gástrico pode gerar vários sintomas, incluindo alterações no apetite, perda de peso, fadiga, sensação de estômago cheio e desconforto abdominal, como dor e queimação, por exemplo. Esses sinais podem ser consequência de alterações benignas, como gastrite e úlcera, portanto, é fundamental obter diagnóstico diferencial.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

Comentários
Dr. Rodrigo Gui Queiroz

Posted by Dr. Rodrigo Gui Queiroz