hérnia inguinal

5 dicas para prevenir o surgimento da hérnia inguinal

A hérnia inguinal é uma protusão na área da virilha. Ocorre quando o conteúdo da cavidade abdominal, geralmente do intestino, invade o canal inguinal. Esse tipo de hérnia corresponde a 75% de todas as hérnias abdominais e são 25 vezes mais incidentes em homens do que em mulheres.

Os principais sintomas de hérnia inguinal são a incidência de protuberância no escroto ou na virilha, além de dor local. Caso a hérnia esteja estrangulada na parede do abdômen, podem ocorrer sinais que indicam maior gravidade como, por exemplo, febre, inflamação abdominal, náuseas, vômito e alterações no apetite.

No entanto, apesar dos sintomas incômodos e das possíveis complicações, a hérnia  inguinal pode ser evitada. Para saber como prevenir essa condição, leia o artigo completo.

Prática regular de exercícios

Uma boa maneira de evitar hérnia inguinal consiste em praticar exercícios físicos, no mínimo, três vezes por semana. Isso porque esse hábito ajuda a manter os músculos abdominais fortalecidos, o que diminui significativamente o risco de hérnia na virilha.

Alimentação saudável

Uma alimentação balanceada, rica em verduras, legumes, frutas, bem como outros alimentos que são fontes de fibra, pode ajudar no combate à prisão de ventre e redução da pressão abdominal, contribuindo na prevenção da hérnia inguinal.

Controle do peso

As medidas anteriores compõem um estilo de vida saudável. Elas ajudam na prevenção de várias condições clínicas, incluindo obesidade e a hérnia inguinal. A obesidade e o sobrepeso são fatores de risco para o desenvolvimento de herniações.

Evitar sobrecargas

Para prevenir hérnial inguinal, é importante evitar pegar objetos excessivamente pesados, principalmente sem ajuda. Esforços demasiados e repetitivos, inclusive nos treinos, aumentam o risco  de hérnia na região da virilha.

Cuidar da saúde geral

Doenças pulmonares, problemas cardíacos e distúrbios intestinais também aumentam o risco de hérnia inguinal. Não espere a herniação acontecer para buscar ajuda especializada. Consulte o médico para tratar essas enfermidades, caso você tenha alguma delas, e evite, assim, as complicações. Mantenha a boa saúde e faça consultas preventivas.

Apesar de a hérnia inguinal poder ser prevenida, em alguns casos não há como evitar totalmente a protusão, uma vez que a herniação pode ser resultado de defeitos congênitos. Pode, também, ter relação com fatores de risco como, por exemplo, histórico familiar do problema. Pessoas obesas, crianças e idosos compõem o grupo de risco. Devem, então, ter cuidado redobrado, pois apresentam maior fragilidade da parede abdominal.

Se, mesmo seguindo essas dicas, a hérnia acontecer, há como tratá-la de forma segura e eficaz, por meio de técnicas cirúrgicas modernas. A cirurgia de hérnia inguinal é feita com o objetivo de reposicionar o intestino no local de origem, bem como fortalecer os músculos abdominais para que não haja reincidência.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

Comentários
Dr. Rodrigo Gui Queiroz

Posted by Dr. Rodrigo Gui Queiroz