Exames pré-operatórios

Exames pré-operatórios para cirurgia de refluxo gastroesofágico

Existem várias indicações para cirurgia antirrefluxo, mas a principal é a doença do refluxo gastroesofágico refratária à terapia médica. Essa cirurgia tem o papel mais forte para os indivíduos acometidos. Certamente não é uma opção de tratamento de primeira linha para a doença do refluxo gastroesofágico e não é eficaz para todos. Como em toda cirurgia, os exames pré-operatórios são de extrema importância. Em geral, o objetivo específico da avaliação esofágica pré-operatória é verificar a adequação do candidato ao procedimento. Ou seja, averiguar se há evidência objetiva da doença do refluxo gastroesofágico e descartar as contra-indicações ao procedimento, como câncer de esôfago.

Principais exames pré-operatórios

Não há consenso absoluto sobre quais exames são necessários para os candidatos à cirurgia antirrefluxo. De fato, há bastante variação na definição dos testes necessários. Geralmente, são realizados quatro deles para avaliar um indivíduo para o procedimento.

Endoscopia digestiva alta

Norlamente, a endoscopia digestiva alta é o teste mais importante. É realizada para investigar a incidência de esôfago de Barrett, esofagite, câncer de esôfago ou qualquer anormalidade que possa alterar o plano operatório. A endoscopia digestiva alta também oferece informações anatômicas, incluindo a ocorrência e o tamanho de uma hérnia hiatal.

Manometria esofágica

Alguns especialistas consideram a manometria esofágica o único teste absolutamente necessário. Em geral, porque é importante descartar distúrbios graves da motilidade esofágica, particularmente a acalasia, que é uma contra-indicação absoluta à cirurgia anti-refluxo.

Teste de pH

O teste de pH é necessário para se obter evidência objetiva da doença do refluxo gastroesofágico na maioria dos indivíduos. No entanto, se houver confirmação de esofagite por biópsia ou esôfago de Barrett na endoscopia digestiva alta, ela poderá consistir evidência objetiva. Contudo, muitos médicos normalmente solicitam um estudo de pH. O intuito é obter uma linha de base para a exposição ao ácido esofágico antes de realizar a cirurgia. Os cirurgiões preferem realizá-los na ausência de terapia com inibidores da bomba de prótons.

Série gastrointestinal superior (UGI)

Finalmente, a série gastrointestinal superior (UGI) também é útil para prover informações anatômica. Seu papel mais útil é, principalmente, a definição de uma hérnia hiatal. A hérnia hiatal também pode ser identificada na endoscopia digestiva alta ou na manometria esofágica de alta resolução. No entanto, a sua configuração anatômica exata e seu tamanho são mais bem definidos por uma série UGI de bário. Apesar disso, não há acordo universal sobre o uso de uma série UGI nesses indivíduos.

Considerações sobre os testes

Geralmente, os médicos pedem que seja feita a endoscopia digestiva alta em primeiro lugar. A série UGI também seria importante se um houvesse um procedimento antirrefluxo com falha, a fim de definir o mecanismo da falha. A manometria esofágica e o teste de pH geralmente são realizados por último e em conjunto. No caso de disfagia grave cujos resultados da endoscopia digestiva alta sugerem uma forma de compressão extrínseca no lúmen esofágico, uma tomografia computadorizada (TC) pode ser útil para uma avaliação mais aprofundada. A intolerância pode ser um fator tanto no teste de pH quanto na manometria esofágica. Embora a manometria esofágica, particularmente a de alta resolução, dure apenas aproximadamente 10 a 15 minutos (o que é uma de suas vantagens), aproximadamente 2% a 3% dos candidatos são intolerantes ao procedimento (que é uma limitação importante). Se um indivíduo não tolerar manometria, provavelmente ele também não tolerará o procedimento de pH da sonda de arame. Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp