cirurgia bariátrica

É possível engordar após a cirurgia bariátrica?

A cirurgia bariátrica é apontada como uma das alternativas mais eficientes de tratamento contra a obesidade. No entanto, a depender da forma como o paciente se comporta no pós-operatório, o procedimento pode não trazer os resultados esperados, ocorrendo até o reganho de peso.

Quer saber por que esse problema ocorre? Então, não deixe de ler este post. A seguir, explicaremos tudo sobre o assunto e também traremos algumas dicas para evitar engordar após a cirurgia.

Por que ocorre o reganho de peso após a cirurgia bariátrica?

É possível engordar após a cirurgia bariátrica? Essa é uma dúvida que permeia a mente de todos os pacientes que passam pelo procedimento. Infelizmente, a resposta é: sim, é possível que ocorra o reganho de peso.

Ao reduzir o tamanho do estômago, o objetivo é que o paciente se sinta mais saciado e não consiga ingerir grandes quantidades de alimentos, o que levaria a perda de peso. No entanto, esse resultado só será alcançado se houver o compromisso e a dedicação do paciente.

Geralmente, a redução de peso alcançada com a cirurgia varia entre 50 a 80% do excesso de peso. No entanto, a recuperação de até 10% do peso é uma consequência normal e que já é considerada pela equipe médica.

Contudo, se o aumento for superior a 10% do peso mínimo alcançado, caracteriza o reganho. Quando isso ocorre, o paciente pode também voltar a sofrer com hipertensão, descontrole do diabetes, alterações no sono, entre outros problemas associados à obesidade.

Ainda, o reganho de peso é mais comum quando a cirurgia bariátrica é feita pelo método de gastrectomia vertical. Por outro lado, é um problema menos frequente se a técnica utilizada for a derivação gastrointestinal (bypass).

Quais erros fazem o paciente voltar a engordar?

Os momentos que antecedem a realização da cirurgia são marcados pela força de vontade do paciente, que já precisa apresentar alguma perda de peso. A motivação costuma persistir até os primeiros 18 meses após o procedimento, sendo chamada de fase de “lua de mel”.

Isso ocorre porque é o período em que há a maior redução de peso, trazendo contentamento pelos resultados alcançados. Assim, o paciente segue à risca as recomendações, controlando a alimentação e praticando atividade física.

No entanto, como a cirurgia bariátrica promove a perda de peso gradativa nesta fase inicial, sem grandes esforços, o paciente passa a acreditar que a obesidade já foi vencida e não é mais necessário seguir as recomendações médicas.

Assim, após certo período, o apetite vai aumentando, o foco vai se perdendo e os velhos hábitos alimentares aparecem e trazem com eles o ganho de peso e o reaparecimento das comorbidades.

Como prevenir o reganho de peso?

Para evitar o reganho de peso após a cirurgia, é fundamental manter o foco e o compromisso de seguir todas as orientações médicas. Além disso, você pode adotar algumas atitudes que costumam ser eficazes. São elas:

  • é possível consumir alimentos calóricos, mas de forma equilibrada;
  • insira as atividades físicas na sua rotina. Para isso, encontre uma prática que seja prazerosa para você;
  • controle o consumo de bebidas alcoólicas, pois são altamente calóricas;
  • mantenha o acompanhamento médico após a cirurgia, especialmente com a nutricionista e o psicólogo;
  • participe de grupos de apoio para trocar ideias com quem também está passando por esse desafio;
  • tenha boas noites de sono para garantir a liberação de hormônios que ajudam a evitar o consumo de doces;
  • registre suas conquistas no seu celular ou computador. Assim, poderá sempre consultar tudo o que já foi alcançado com o seu esforço.

Enfim, com a leitura deste post, você já conheceu um pouco mais sobre os motivos que levam uma pessoa a engordar após a cirurgia bariátrica. Portanto, não dê espaço para os maus hábitos e mantenha-se firme com o seu propósito.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como cirurgião do aparelho digestivo em Ilha Solteira e Barretos!

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp